Home / HQ's & Livros / Homem-Aranha: Noir – Review

Homem-Aranha: Noir – Review

Homem-Aranha: Noir, se você não leu, leia!

Em um universo paralelo totalmente reimaginado e ambientado em uma Nova York de 1933 podemos acompanhar Homem-Aranha: Noir.

Nesse arco do cabeça de teia que se passa em 1933, podemos acompanhar a ascensão de um grande mafioso conhecido como Duende, que controla a criminalidade na cidade.

Em contrapartida, temos Peter Parker, que vive sua adolescência aos cuidados de seus tios que nessa versão são socialistas que militam durante os efeitos da Grande Depressão a fim de impedir que os pobres e humildessejam explorados.

han3-4

Temos então a primeira ligação com o Homem-Aranha original, pois Ben Parker é assassinado e então Peter parte em uma jornada de justiça, jornada essa a qual ele esbarra com o Duende e  com uma aranha mística, a qual lhe confere poderes incríveis.

Homem-Aranha : Noir teve o roteiro desenvolvido e criado pela dupla David Hine e FabriceSapolsky,  e possui traços maravilhosos feitos por Carmine Di Giandomenico.

O grande diferencial de Noir foi transformar Peter em um herói de origem mística já que a radiação não era uma realidade no início do século XX.

Homem-Aranha: Noir é mais direcionada ao público adulto, fugindo um pouco do convencional.

han-4-5

O mais impressionante é a forma com que tudo foi adaptado, a exemplo das várias versões dos vilões icônicos do amigão da vizinhança, um grande exemplo disso é a forma como foi tratado o Abutre, que foi inspirado no Nosferatu, outro vilão o Camaleão também foi mostrado de um jeito bastante interessante. Já Kraven e os Executores são quase idênticos às suas versões originais, já que eram baseados nessas décadas de 20 e 30 quando foram criados nos 60. O Duende Verde também sobreu algumas alterações caindo pelo lapo místico.

han-5-3

O que mais chama a atenção nessa versão do Homem Aranha é o seu visual e o fato do herói usar armas, o que faz todo sentido, se acompanharmos a temática Noir. 

A história toda tem um tom peculiarmente investigativo e envolvente, que mostra as atividades do Duente e do Dr. Octopus.

De modo geral a HQ é bastante interessante para quem busca ler tudo que é de mais relevante no personagem, pois é realmente muito divertido ver a recriação de tudo que já conhecemos de um jeito mais sombrio. Esta versão do Homem Aranha teve uma continuação que explora o vilão Doutor Octopus, além de ter sido adaptado para os games e ter sido reutilizada na recente sagaSpiderverse.

han-capa

 
HOMEM-ARANHA: NOIR  – VOL.15
 
# Edição Especial
 
Editora: Salvat
Páginas: 180 
Formato: americano – cor
Roteiro: David Hine (Guerras Silenciosas) e FabriceSapolsky
Desenho: Carmine Di Giandomenico

Fonte: Ed. Salvat

 

 

Tenha uma boa leitura:

Vale a leitura!

Thanos: Final Infinito – Review

Final do arco de Thanos o titã louco é muito bom! É chegado o momento ...